Suporte Dermatológico

Como a dermatologia pode ajudar o paciente com câncer?

A dermatologia é a especialidade médica que cuida da pele, das mucosas, dos cabelos, pelos e unhas.

Maior órgão do corpo humano, a pele protege o corpo de agressões externas e funciona como uma barreira contra agentes que causam infecções (fungos, bactérias e vírus), agentes químicos e fatores ambientais.

Para que possa exercer essa função de proteção de maneira adequada, a pele precisa estar intacta. No entanto, as terapias para curar o câncer desencadeiam interferências importantes que, além de afetar a qualidade de vida do paciente, podem interromper ou adiar o tratamento oncológico.

Antigamente, os pacientes eram orientados pelos médicos a aguardar o término do tratamento do tumor para depois reparar qualquer efeito que aparecesse no organismo. Isso afetava ainda mais o enfermo, pois além de carregar o peso do diagnóstico, ainda tinha de sofrer as consequências do tratamento e esperar para cuidar justamente do que mais incomodava, como alterações de pele, queda de cabelo, unhas frágeis e outras consequências.

Hoje, o dermatologista pode identificar esses efeitos colaterais e tratá-los para que sejam amenizados e até prevenidos, o que acaba por melhorar a qualidade de vida do enfermo e aumenta sua autoestima. O próprio paciente pode tomar alguns cuidados diários em casa, durante a vigência do tratamento, para minimizar o impacto dessas terapias.

Veja aqui dicas e cuidados com a pele.

Suporte Dermatológico